Policial Região

Matou a esposa a pauladas diz que briga foi por causa de facebook

Em depoimento ao delegado de Sarandi, Adriano Garcia, o criminoso Sérgio Marin da Silva, de 20 anos, disse que o feminicídio teve origem em uma discussão que ele teve com Tatiana por causa de mensagens no facebook dela. Ele matou a esposa a golpes de porrete na frente de duas crianças  – um filho dela e uma sobrinha. Os dois estavam juntos fazia pouco mais de dois meses e segundo familiares dela, chegaram a se casar legalmente, quatro anos depois que a vítima ficou viúva.
O crime ocorreu no final de semana no Jardim Monte Rey, em Sarandi e o suspeito foi preso horas depois na casa do pai, que também foi detido por ajudá-lo a fugir e a se esconder da polícia.

Redação JP
Foto – Reprodução

PUBLICIDADES E PARCEIROS