Maringá, 21 de Janeiro de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS NUTRIGENES
 
Untitled Document
10.01.2018
Militantes lançam Comitê em Maringá
Centenas de integrantes de partidos políticos, movimentos sociais, grupos independentes e outras entidades de classe participam neste sábado (13) do lançamento do Comitê de Defesa da Democracia e pela Candidatura de Lula à presidência da república.

A iniciativa desenvolvida por meio da Frente Brasil Popular terá início às 9 horas na Câmara Municipal de Maringá. Com espaço reservado para debate e deliberação de ideias, o evento pretende unificar a população da região que defende a participação do ex-presidente no pleito deste ano.

O comitê em Maringá será lançado em razão de uma proposição da Frente Brasil Popular nacional para a formação de grupos em cidades referências para todos os estados.

No Paraná, além da Cidade Canção, locais como Curitiba, Londrina, Cascavel, Ponta Grossa, entre outros municípios, também formalizam o movimento em defesa da democracia e pelo direito de Lula ser candidato, visto a possibilidade de condenação em segunda instância no dia 24 deste mês. Grupos maringaenses contrários ao ex-presidente pretendem protestar no mesmo dia e local.

A Frente Brasil Popular de Maringá realiza a convocação para a reunião de lançamento do Comitê neste sábado através das redes sociais, especialmente o Facebook. No evento oficial, centenas de pessoas demonstraram interesse em participar do ato que possui autorização da Câmara de Vereadores, depois de pedido formal via ofício do vereador Carlos Mariucci (PT). Atos semelhantes ocorrem em aproximadamente 150 municípios de todos os estados do Brasil no que é chamado de “Dia Nacional de Mobilização em Defesa da Democracia e do Direito de Lula se Candidato”.

A Frente formada por integrantes principalmente do Partido dos Trabalhadores (PT) e do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), além de movimentos como a União Nacional dos Estudantes (Une), União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), União da Juventude Socialista (UJS) e centrais sindicais como a Central Única dos Trabalhadores (CUT) e Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB) se manifesta contra uma possível condenação do ex-presidente. Em julho do ano passado, Lula foi condenado na Operação Lava Jato a nove anos e seis meses de prisão no caso do triplex do Guarujá (SP).

No próximo dia 24 ocorre o julgamento de apelação criminal do ex-presidente na sede do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), em Porto Alegre (RS). Caso confirmada uma nova condenação, há a possibilidade de que a candidatura de Lula, confirmado com pré-candidato à presidência nas eleições de outubro deste ano, seja proibida a partir da inelegibilidade do petista. Apesar da necessidade da execução provisória da pena ser feita após o julgamento de todos os recursos do segundo grau, em dezembro de 2017, todos os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) afirmaram que se a decisão do TRF4 for a de seguir o resultado do julgamento em primeira instância, em Curitiba, Lula não poderá concorrer para mais um mandato.

Comitê em Maringá
De acordo com o vereador e presidente do PT de Maringá, Carlos Mariucci, o objetivo do Comitê na Cidade é o de organizar a população de toda a região que defende a não somente a candidatura de Lula, como também o estado democrático de direito. “Por meio da Frente Brasil Popular se decidiu que todas as cidades com um porte como Maringá ou maior deveriam se organizar para movimentos em defesa da democracia. Todos tem conhecimento de que o [Michel] Temer (MDB) é corrupto e ninguém faz nada. Há também provas contra o Aécio [Neves] (PSDB) e ninguém faz nada. Contra o Lula, que não há provas, ocorre toda esta situação”, explica.

A partir das 9h, no Plenário da Câmara, haverá espaço para a apresentação de ideias e um cronograma de atividades até o dia do julgamento em Porto Alegre. Através da mobilização dos militantes, centenas de pessoas de Maringá, Paiçandu, Sarandi e outras cidades deverão se deslocar até a capital gaúcha no dia 24 para acompanhar próximo ao Tribunal um dos julgamentos mais importantes da história do País. Por meio das redes sociais, senadores como Requião (MDB), Gleisi Hoffmann (PT), deputado federal Enio Verri (PT), entre outras autoridades e representantes divulgaram vídeos de apoio ao grupo em Maringá e outras localidades do Estado.

Possibilidade de confronto
Grupos à direita do espectro político, como o “Patriotas Maringá” e o Movimento Brasil Livre (MBL) realizam a convocação de manifestantes “anti-Lula” para um protesto em frente à Câmara de Vereadores também no sábado por volta das 9 horas. Segundo a página oficial do MBL em Maringá, o ato será realizado principalmente como uma forma de defender o juiz Sérgio Moro, autor da condenação do ex-presidente em primeira instância. “O PT resolveu fazer Maringá de palco para atacar Sérgio Moro e defender Lula. Vamos proteger a imagem de nosso compatriota e de nossa cidade. Junte-se à contramanifestação”, diz a postagem oficial.

Também pelo Facebook, o vereador ligado ao Movimento de orientação liberal no ponto de vista econômico, Homero Marchese (PV), também convocou eleitores e apoiadores a comparecerem no protesto contra a organização do Comitê. Erroneamente, Marchese afirma que os senadores paranaenses estarão presentes no ato. Nos comentários, diversas pessoas confirmaram presença e apoiaram que ovos e tomates sejam arremessados principalmente contra Gleisi, que estará em Porto Alegre neste sábado.

Diante do cenário, a Frente Brasil Popular se reuniu na tarde de ontem (9) para discutir medidas de segurança sobre uma possibilidade de confronto entre os militantes.

“Há uma série de mentiras e desinformações sendo divulgadas pela direita. O que nós vamos fazer no sábado é o lançamento do Comitê. Eles têm total direito de criar um grupo para ser contra o Lula, isto é a democracia. O que não pode, no entanto, é este grupo marcar depois de vários dias um contraprotesto no mesmo local e horário para manifestar contra a gente. Eu respeito e sempre vou respeitar quem pensa diferente, mas isto não é democrático. Eles comparecerem lá é um risco. Isso não é uma praça de guerra. Vamos nos reunir, comunicar o 4º Batalhão de Polícia Militar e ver como fazer para que possíveis confrontos sejam evitados”, explica Mariucci. A comunicação do 4ºBPM informou que a situação será estudada entre hoje e sexta-feira (12).

Procurado para comentar as declarações via internet, o vereador Homero Marchese não foi localizado até o final da tarde dessa terça-feira.

Matheus Gomes
Foto - Reprodução
 
20.01.2018
Cyborg reclama do UFC
20.01.2018
Aumenta a procura por serviços do Detran
20.01.2018
MEC libera R$ 22 milhões para a UEM
20.01.2018
Vagas de emprego
20.01.2018
Casal que aplicou golpes em Maringá é preso
20.01.2018
Maringá abre vagas para o Pronatec
19.01.2018
Robô "Agro" na Safratec
19.01.2018
Santos quer a volta de Gabigol
19.01.2018
Saúde alerta sobre sífilis e hanseníase
19.01.2018
Paraná registrou 275 mortes em confrontos policiais em 2017
19.01.2018
Morador de rua é agredido ao tenta furtar moto
19.01.2018
Novo Restaurante Popular será construído em Maringá
18.01.2018
Corinthians perde na estreia do Paulistão
18.01.2018
Prefeitura orienta cadastrados no Acesso Cidadão
18.01.2018
Balanço da PRF aponta para redução de acidentes em 2017
18.01.2018
Traficante reage, agride policiais e efetua tiros
18.01.2018
Chuvas constantes geram alerta da Defesa Civil
17.01.2018
Seal acusado de abuso sexual
17.01.2018
Prefeitura orienta vacinação contra febre amarela
17.01.2018
Ladrão tenta roubar residência e acaba morto
17.01.2018
Balança comercial tem superávit recorde em 2017
16.01.2018
Sheik retorna ao Corinthians
16.01.2018
Ministério da Saúde garante recursos para Maringá
16.01.2018
Justiça mantém suspensão da posse de Cristiane Brasil
16.01.2018
Trânsito faz a primeira vítima fatal no ano
16.01.2018
IPTU 2018 - Maioria escolhe pagamento à vista
15.01.2018
Real quer CR7 como troca por Neymar
15.01.2018
Belfort sai do UFC sem última luta
15.01.2018
Waack se defende de acusações
15.01.2018
Trump diz na Flórida que não é racista
15.01.2018
Manifestações ocorrem sem violência
15.01.2018
Cocamar investiu mais de meio bilhão
13.01.2018
Cursos de idiomas são oferecidos em escolas
13.01.2018
Belfort vai se despedir do UFC
13.01.2018
EUA impõem mais sanções contra o Irã
13.01.2017
Homem é preso por estupro
12.01.2018
Ronaldo fala sobre erro de Neymar
12.01.2018
Expoingá será de 3 a 14 de maio
12.01.2018
Procon orienta pesquisa de preços de material escolar
12.01.2018
BNDES pretende devolver R$130 bilhões ao Tesouro Nacional
12.01.2018
Jovens são presos trocando placas de carro furtado
12.01.2018
Segurança será reforçada na Câmara
11.01.2018
Corinthians bate o PSV
11.01.2018
PRF apreendeu 277 armas e 42 mil munições no Paraná
11.01.2018
Detran esclarece diferenças entre IPVA, DPVAT e Licenciamento
10.10.2018
População em situação de rua é tema de reunião
10.01.2018
PC prende suspeitos de roubarem Uningá
10.01.2018
Inflação oficial pelo IPCA em 2017 é de 2,95%
09.01.2018
Inflação na Venezuela pode superar 10.000%
09.01.2018
Dois rapazes são presos por assassinato
09.01.2018
Edson Abrão da Silveira é sepultado
08.01.2018
Campanha Janeiro Branco é lançada em Maringá
08.01.2018
Vagas de emprego
08.01.2018
Firmino é acusado de racismo na Inglaterra
08.01.2018
Love e Imperador no Flamengo?
08.01.2018
The Voice Kids começa emocionando
08.01.2018
Prefeitura orienta sobre o Passe do Estudante
06.01.2018
Temer veta integralmente Refis das micro e pequenas empresas
06.01.2018
Tarifa de ônibus é reajustada para R$ 3,60
05.01.2018
Lívia Andrade e suas polêmicas
05.01.2018
Prefeitura abre inscrições para bolsas de estudos
05.01.2018
Coreia do Norte aceita se reunir com o Sul
05.01.2018
PC esclarece primeiro homicídio do ano
04.01.2018
Casos de dengue aumentam em Maringá
04.01.2018
Eleições e Copa do Mundo devem afetar votações no Congresso
04.01.2018
Acidente é registrado no Jardim Pinheiros
04.01.2018
Radares de velocidade são instalados em Maringá
03.01.2018
Temer sanciona Orçamento de 2018
03.01.2018
Maringá registra primeiro homicídio do ano
03.01.2018
Tempestade causa estragos em Maringá
03.01.2018
Ulisses projeta ano positivo em 2018
02.01.2018
André Bovo toma posse na Amusep
02.01.2018
Defesa Civil termina ano com 1,2 mil atendimentos
02.01.2018
Neymar e Bruna Marquezine reatam namoro
02.01.2018
Jovem morre afogado no Parque do Ingá
02.01.2018
Tarifa branca pode baratear conta de luz
02.01.2018
Começa a entrega do IPTU 2018
Nipo Brasileiro Contabilidade
Hotel Internacional
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Paraná Banco
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual