Maringá, 19 de Setembro de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
04.05.2018
Descarte ilegal é investigado pelo Meio Ambiente
A Prefeitura de Maringá, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal (Sema), recebeu nessa quinta-feira (3) uma denúncia, de maneira informal, sobre o descarte irregular de produtos danosos a natureza.

A reclamação em questão, não oficializada pelo denunciante, se refere a embalagens de veneno deixadas na Praça Todos os Santos, localizada na Zona Dois, próximo ao Cemitério Municipal.

Mediante fotografias retiradas ainda na quarta-feira (2), quando se deparou com a situação, o autor dos registros informou que ao menos dois pacotes, de um produto não identificado inicialmente, mas com informações em letras grandes sobre o risco do descarte ilegal, foram encontrados na Praça. Em virtude da ação do vento somado a presença de crianças no entorno da região, o risco de uma contaminação gerou a necessidade do encaminhamento do ocorrido para as autoridades municipais.

De acordo com o gerente de Fiscalização Ambiental da Sema, Erival Adorno, apesar da não oficialização da denúncia na entidade, o relato do homem que denunciou a situação é importante, entretanto, necessita de maiores investigações antes de se chegar a uma conclusão. Por conta da dificuldade em se chegar ao responsável pelo descarte dos recipientes plásticos, o objetivo será averiguar quando e por quem o veneno foi adquirido. A principal informação até o momento se deve a disponibilidade do material pela empresa, de Foz do Iguaçu, mas que até o final da tarde de ontem ainda não havia respondido aos chamados da Prefeitura.

“Conseguimos identificar que o estabelecimento não é de Maringá, é de Foz, mas a empresa não tem cadastro divulgado e os telefones para contato até o momento não atendem. Ainda não podemos afirmar de onde surgiram estes materiais com resíduos químicos, mas com um contato com a empresa o trabalho será facilitado”, explica Adorno. Sem os pacotes, porém, sob posse das fotografias, o gerente de Fiscalização também conseguiu identificar que o produto se refere a veneno utilizado para matar insetos e com potencial risco para humanos, especialmente crianças.

Segundo Erival, independente do produto em questão, pelo fato de variados tipos de venenos oferecerem problemas para a saúde humana, estes recipientes não deveriam estar jogados em locais públicos, principalmente uma praça, com presença de pessoas pelos arredores. Na embalagem, além de explicações da própria empresa sobre a proibição de descarte em lixo comum, há informações expressivas sobre o perigo de ingerir, inalar e até mesmo entrar em contato com a pele.

Mesmo com a ausência de informações específicas até o momento, Erival garante que itens tóxicos, como venenos ou agroquímicos gerais, devem ter o cuidado de todas as pessoas, desde quem vende, compra e até quem se depara com uma embalagem. “Há itens de uso sanitário que podem ser jogados no lixo comum, por exemplo. Mas quando há inscrições na embalagem e este químico pode gerar risco, a pessoa tem que ter responsabilidade de devolver no estabelecimento em que comprou”, explica.

Há situações, inclusive, em que comprador é obrigado a devolver os recipientes após o uso, para que eles sejam lavador, esterilizados, triturados, derretidos e colocados em uma forma, para reutilização segura para o humano e a natureza.

Por parte da equipe da Fiscalização Ambiental de Maringá os trabalhos de investigação terão continuidade nos próximos dias. Em caso de conclusão dos trabalhos e o conhecimento dos responsáveis pelo descarte ilegal, possivelmente por uma empresa, o estabelecimento será notificado e advertido para que a postura sobre o manejo destes materiais tóxicos seja alterada. Em caso de reincidência, uma multa será aplicada mediante análise do grau de impacto ao meio ambiente.

Matheus Gomes
Foto - Reprodução
 
19.09.2018
Seduc entrega comunicado e pais ficam preocupados
19.09.2018
Defesa Civil realiza simulação de abandono em escolas
19.09.2018
PM participa da Semana de Trânsito
19.09.2018
Mulher seminua é encontrada amarrada com arame farpado
19.09.2018
Pesquisa Ibope: Jair Bolsonaro lidera com 28%
19.09.2018
População reclama das calçadas dos parques de Maringá
18.09.2018
Combate às drogas
18.09.2018
Reunião busca soluções para o trânsito de Maringá
18.09.2018
Procon de Maringá resolve 95% das reclamações
18.09.2018
CNT/MDA: Bolsonaro lidera com 28,2%
18.09.2018
Mulher esfaqueia marido durante briga
17.09.2018
Ex-Spice Girl passa por exame pela guarda da filha
17.09.2018
Relembrando o Colégio Marista
17.09.2018
Campanha resgata autoestima de pessoas
17.09.2018
Receita e PF apreendem milhões dólares em aeroporto
17.09.2018
Motociclista morre em acidente na Cerro Azul
17.09.2018
DER-PR abre edital para construção de viaduto na Colombo
Nipo Brasileiro Contabilidade
Asia Sushi Beer
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Paraná Banco
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual