Esportes

Hamilton crava mais uma pole

Lewis Hamilton confirmou o favoritismo demonstrado nos treinos e conquistou sua quarta pole position na temporada 2020 da Fórmula 1 em Barcelona.
O hexacampeão mundial cravou 1m15.584s em sua primeira tentativa na Q3, e apesar de não ter melhorado na última volta, não foi alcançado pelo companheiro de equipe Valtteri Bottas – que completou mais uma dobradinha da Mercedes.

Max Verstappen, da Red Bull, manteve seu posto de melhor do resto em terceiro, sete décimos atrás de Hamilton.

Usando o “modo festa” de seus motores potencialmente pela última vez, a dupla da Mercedes se distanciou dos rivais no segmento decisivo da classificação. No entanto, a disputa interna foi acirrada: Hamilton fez a pole provisória com menos de um décimo de vantagem sobre Bottas.

Nenhum dos dois conseguiu baixar na segunda tentativa, já que aparentemente as condições da pista se deterioraram. Assim, o britânico garantiu a 92ª pole de sua carreira.

“A pista parecia mais lenta, eu não sei”, disse Verstappen após também não conseguir baixar seu tempo.

Seu companheiro Alexander Albon foi um dos poucos que melhorou na segunda tentativa, mas ainda ficou mais longe do que Verstappen ficou da Mercedes. Ele superou a dupla da McLaren e Charles Leclerc (Ferrari), se posicionando atrás dos pilotos da Racing Point.

Com mais um forte desempenho no sábado, Pierre Gasly (Alpha Tauri) completou os participantes da Q3 em 10º.

Sebastian Vettel (Ferrari) foi novamente eliminado na Q2, desta vez por apenas dois milésimos, e larga em 11º.

Daniil Kvyat (Alpha Tauri), os pilotos da Renault e Kimi Raikkonen (Alfa Romeo) – um dos destaques da sessão depois de fazer um tempo quase um segundo mais rápido que seu companheiro Antonio Giovinazzi na Q1 – também encerraram suas participações no segundo segmento.

Foto – Reprodução

PUBLICIDADES E PARCEIROS