Esportes

São Paulo perde para o River e está fora da Libertadores

O São Paulo está fora da Libertadores! Tricampeão do torneio e um dos brasileiros com mais tradição na competição, o time perdeu para o River Plate por 2 a 1 nesta quarta-feira (30) e, com uma rodada de antecedência, não tem mais chances de classificação no Grupo D.

Com apenas 4 pontos somados nas cinco rodadas já disputadas, o Tricolor não consegue mais alcançar River Plate e LDU, que, com 10 e 12 pontos, respectivamente, já estão classificados. Para evitar um fim ainda mais melancólico no torneio, o time do Morumbi recebe, no dia 20 de outubro, o Binacional, em disputa direta para definir quem fica em terceiro no grupo e se classifica para a Copa Sul-Americana.

O jogo
Precisando da vitória para seguir com chances de se classificar, o São Paulo entrou em campo com uma formação bastante ofensiva, com apenas Tchê Tchê de volante, e Daniel Alves, Hernanes, Igor Gomes e Vitor Bueno municiando o atacante Pablo.

River na frente
E, assim como nos últimos jogos, toda essa exposição custou caro. O River Plate abriu o placar aos 10. Julian Álvarez recebeu pela direita e, com muita liberdade, bateu cruzado para fazer 1 a 0.

O jogo estava fácil e os argentinos, mais uma vez explorando o lado direito, onde Reinaldo tem muita dificuldade de marcação, não ampliaram aos 14 porque Tiago Volpi fez uma grande defesa.

Tudo igual
Se pouco criava com a bola no chão, o São Paulo foi premiado em uma bola parada aos 29. Reinaldo cobrou escanteio da esquerda e Diego Costa testou firme para deixar tudo igual.

Mais um de Álvarez
O gol deu moral e o Tricolor passou a se aventurar mais no campo de ataque. Mas o River é fatal. O vice-campeão da Libertadores em 2019 encaixou um contra-ataque e, após bela jogada de Matías Suárez, Julian Álvarez apareceu sozinho para fazer 2 a 1 aos 36.

Ritmo lento
Apesar de precisar da virada para seguir com chances de passar de fase, o São Paulo pouco ameaçou no começo do segundo tempo. E por pouco não levou o terceiro.

Mais uma vez explorando a frágil marcação de Reinaldo, Borré apareceu livre pela direita e bateu cruzado. A bola passou perto do gol de Volpi.

O tempo foi passando e o cenário não mudava. O São Paulo até tentava, mas esbarrava na falta de técnica de seus jogadores. Enquanto isso, o River, com o resultado que lhe era favorável, somado ao cansaço de disputar apenas o seu terceiro gol após a longa parada causada pela pandemia de coronavírus, também não se arriscava e esperava mais um dos vários erros do sistema defensivo tricolor.

Quase o empate
O Tricolor só voltou a ameaçar o gol do River aos 39. Brenner recebeu lançamento de Igor Gomes e bateu para defesa de Armani. No rebote, Tréllez bateu sobre o marcador e a bola foi para escanteio.

Final deprimente!
Precisando de ao menos um gol para evitar a eliminação precoce, o São Paulo sequer chutou ao gol nos minutos finais, preferindo ficar tocando para o lado.

Já nos acréscimos, um princípio de confusão tomou conta do campo. Nada que alterasse o placar e decretasse mais um vexame para a vasta lista de fracassos recentes do Tricolor!

Foto – Reprodução

PUBLICIDADES E PARCEIROS

Advertisement