Maringá, 21 de Fevereiro de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS NUTRIGENES
 
Untitled Document
08.11.2017
Detran alerta para golpes em redes sociais
O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) alerta para golpes que oferecem facilidades em regularizar ou conquistar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Anúncios em redes sociais prometem retirar pontuação, eliminar processos de suspensão ou cassação do direito de dirigir, além de venda de CNH falsa pela internet.

O golpe consiste na oferta de burlar etapas do procedimento administrativo do Detran, pedindo dinheiro antecipado para realização dos supostos serviços. Os estelionatários usam até nomes e fotos de servidores do órgão na tentativa de ganhar a credibilidade das vítimas.

“Eles usam redes sociais e grupos de compra e venda de produtos usados. Todo o contato é pela internet, nunca marcam encontros presenciais e pedem dinheiro antecipado. Os pagamentos são por depósito bancário ou boleto e o golpe chega a custar até R$ 4 mil, de acordo com denúncias recebidas”, explica o diretor-geral do Detran, Marcos Traad.

“O Departamento investe continuamente em tecnologia e segurança. O controle dos documentos e procedimentos é rígido, dentro e fora da instituição. Usamos o que há de mais moderno em sistemas de informação, verificação biométrica e fotos para evitar qualquer tipo de fraude”, garante.

PERIGO
Além de perder dinheiro com facilidades que não existem, quem cai no golpe é usado para obtenção de empréstimos e compras de bens. Os golpistas pedem o envio de números de documentos, assinaturas e até as digitais do candidato. Ao fornecer essas informações o usuário dá margem para outros golpes, além do aplicado para a CNH.

“Os criminosos usam os dados da vítima em empresas de concessão de crédito e chegam a comprar carros e motos, que logo são transferidos para terceiros, deixando apenas dívidas em nome da pessoa lesada”, conta o assessor militar do Detran, major Fernando Klemps.

DENÚNCIAS
Qualquer denúncia envolvendo comercialização de Carteira Nacional de Habilitação, ou de facilidades ilegais em processos da autarquia, pode ser feita ao Detran, através da ouvidoria. O serviço está disponível no site www.detran.pr.gov.br e o órgão encaminha todas as denúncias recebidas às autoridades competentes. Também é possível denunciar diretamente à Polícia Civil.

AEN/PR
Foto - Reprodução
 
21.02.2018
Maia pode sancionar lei do assédio moral
21.02.2018
Semob promove ações para reduzir excesso de velocidade
21.02.2018
Obras no Terminal da Morangueira atrasam
21.02.2018
Senado aprova decreto presidencial de intervenção no RJ
21.02.2018
Denarc de Maringá apreende seis toneladas de maconha
21.02.2018
Onda de violência em Maringá preocupa
20.02.2018
Corinthians empata com RB
20.02.2018
Risco de infestação do mosquito da dengue é alto
20.02.2018
Pagamento do IPTU com 8% de desconto vai até dia 22
20.02.2018
Manifestantes invadem escritório de ministro da Saúde
20.02.2018
Bandidos matam um e ferem duas crianças na Cidade
19.02.2018
Reforma e revitalização da Praça de Patinação
19.02.2018
Comércio de Maringá registrou queda de faturamento
19.02.2018
Ator é vítima de comentários racistas
19.02.2018
Edital para frota de coleta seletiva tem apenas uma empresa
19.02.2018
Detentos do RJ fazem rebelião com reféns
19.02.2018
PM apreende mais de meio milhão de reais e maconha
Nipo Brasileiro Contabilidade
Hotel Internacional
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Paraná Banco
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual