Maringá, 21 de Junho de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
08.03.2018
Morte de caseiro por policial ambiental será investigada
A Polícia Ambiental de Maringá “Força Verde” divulgou nessa quarta-feira (7) uma nota oficial a respeito da morte de um homem no final da noite de terça-feira (6), em uma propriedade rural da Cidade. De acordo com as autoridades, por volta das 23h, em uma fazenda localizada na Estrada Guará, próxima a rodovia PR-317, uma ligação anônima solicitou a presença dos militares em razão de um indivíduo portar arma de fogo e realizar caça de animais na região.

No momento da chegada da Força Verde, foi avistado um homem em cima de um trator sob posse de uma arma de cano longo. Ainda com base nas informações das autoridades, o rapaz apontou a espingarda em direção aos policiais e, diante do cenário, foi alvejado por um dos ambientais. Com um único disparo no peito, Alan Fernando Camargo, de 36 anos, não resistiu ao ferimento e morreu antes de chegar ao hospital. Minutos mais tarde, descobriu-se que a vítima era caseiro da propriedade rural. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Maringá.

Com presença da Polícia Civil no local, foi constatado que o homem que portava a espingarda calibre 22 não havia efetuado qualquer disparo. Em virtude da situação, a Força Verde de Maringá entrou em contato com o Comando da Polícia Ambiental de Curitiba para explicações sobre o acontecimento e a melhor tomada de decisão e avaliação da execução do caseiro.

Em nota assinada pelo Capitão Luciano Buski, comandante da 3ª Companhia Ambiental de Maringá, foi garantido que todas as normas condizentes com o trabalho legal da corporação foram tomadas a partir do disparo, como a presença da Polícia Civil, Científica, Corpo de Bombeiros e do IML. Ao mesmo tempo, Buski garantiu que a total e completa apuração dos fatos será finalizada por meio de inquérito policial aberto, que irá investigar a cena do local de execução e as armas utilizadas. Por fim, também foi garantido que a presença da Força Verde ocorreu por meio de chamado e várias denúncias de caça irregular na região. Ainda não há a confirmação se Camargo possuía o porte legal da espingarda.


Redação JP
 
21.06.2018
Trump assina ordem para impedir separação familiar
21.06.2018
CR7 pode quebrar recorde
21.06.2018
Vacinação é liberada para todos os profissionais da educação de Maringá
21.06.2018
Mulher tenta matar marido por causa de drogas
20.06.2018
Operação Marquise 2018
20.06.2018
Cocamar implanta Canal de Ética
20.06.2018
Escolas municipais e CMEI’s serão dispensados para jogos da Copa
20.06.2018
Sasc promove a Semana de Prevenção sobre Drogas
20.06.2018
Já está tudo armado para soltar Lula
20.06.2018
PC continua investigando a morte de Beatriz
19.06.2018
Semulher prepara implantação do botão do pânico
19.06.2018
Os momentos mais vergonha alheia dos repórteres
19.06.2018
Prefeitura e Sanepar não entram em acordo
19.06.2018
Prefeitura de Maringá pretende aumentar o quadro de funcionários
19.06.2018
EXPO IMIN 2018 será realizada pela primeira vez na cidade de Maringá
19.06.2018
Lei Seca soma dados positivos após 10 anos
Nipo Brasileiro Contabilidade
Asia Sushi Beer
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Paraná Banco
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual