Maringá, 20 de Setembro de 2018
GLOBAL BENEFÍCIOS Black Bull Steak House
 
Untitled Document
25.06.2018
Projeto ‘Mutirão do bem’ orienta para guarda responsável de animais
As secretarias de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal, de Saúde e de Assistência Social e Cidadania organizam ′mutirão do bem′ para orientar a população sobre a guarda responsável de animais.

A iniciativa será de 25 a 29 de junho (com exceção da quarta-feira (27) dia de jogo do Brasil na Copa Mundial), das 9 às 15 horas, na Praça Reinaldo Guanaes Bitencourt Filho (Avenida Dr. Alexandre Rasgulaeff, esq. com a Avenida Mandacaru).

O objetivo da ação é solucionar problemas e
promover conscientizaçãoda comunidade no cuidado e zelo pela vida dos animais domésticos, a importância da castração e o combate aos maus tratos de cães e gatos.

A campanha será voltada principalmente para a população que reside nos bairros da região, entre as avenidas Colombo e Morangueira, pois são os locais com maior número de protocolos por maus tratos de animais e perturbação sonora na Ouvidoria 156.Dos 707 protocolos registrados na Ouvidoria Municipal no primeiro quadrimestre deste ano, 247 denúncias se referem à região noroeste de Maringá, o que equivale 35% do total.

Segundo o secretário de Bem-Estar Animal, EderleiAlkamim, o trabalho é de prevenção, principalmente para pessoas e famílias de baixa renda que abriga os animais. “Além de solucionar problemas e tirar dúvidas da comunidade, queremos auxiliar nos serviços de castração e adoção epromover a educação ambiental para diminuir os maus tratos”, diz o secretário, ressaltando que nos dias da ação estarão disponíveis vans de emergência animal e orientação ambiental.

Também terão servidores de Assistência Social para avaliar as famílias que têm grande quantidade de animais e apresentem contexto de vulnerabilidade social.

Acadêmicos do curso de Veterinária farão esclarecimentos e orientações sobre o bem-estar dos bichos.

Fiscais da Sema andarão pelos bairros para fazer notificações e levantamentos. O mapeamento da região buscará o número de animais em situação de rua, os interessados em adoção e pessoas que são protetoras independentes de animais.

EderleiAlkamim destaca a importância de levar a ação integrada para a população e diz que a expectativa é atingir maior público. “Queremos ampliar a ação para os demais bairros e regiões de Maringá”, afirma.

MAUS TRATOS
Em 2017, foi ratificada a Lei Municipal de Maus Tratos, 10.467, de autoria do vereador Flávio Mantovani. A lei presume multa para quem abriga animais em locais inadequados, presos em corrente curta, sem alimentos, abandonados e sem assistência veterinária quando necessitados.

Foram aplicadas 11 multas desde o início da lei, sendo 10 por motivo de abandono de animais e uma por local impróprio. A multa por abandono é R$ 2 mil e por local impróprio é R$ 500.

GIBI DA SAÚDE
“Cuidar da saúde do seu animal pode significar cuidar da sua própria saúde.” Este é o ensinamento que o menino Jurandir, o Joca, transmite as crianças, e aos adultos também, de como lidar com cachorros, gatos e outros bichos domésticos, criados em casa.

Joca sabe muito bem o que está dizendo: descuidado, ele deixou o seu amigo, o cachorro Sorvetão, fugir de casa e vagar pelas ruas da cidade. A sua amiga e vizinha Luciana o ajudou a encontrar o animal, mas antes o ensinou a como cuidar dele.

Jurandir, Sorvetão e Luciana são os personagens da Revista Educativa “Gibi da Saúde – Guarda Responsável de Animais”.
Em novembro de 2017, o Ministério da Saúde publicou em seu portala cartilha, com o objetivo de orientar sobre cuidados com o animal de estimação.

Com uma linguagem simples e em forma de história em quadrinhos,a revista educativa aborda temas como necessidades básicas dos pets, abandono, maus tratos, leis de defesa animal e saúde pública. Explica que são considerados maus tratos aos animais, deixá-los sem alimentação e abrigo adequado, sem tratamento veterinário, bem como agredi-los ou abandoná-los nas ruas.

Segundo o MS, essas atitudes são passíveis de punição, que pode variar de 3 meses a 1 ano de prisão e multa, aumentada de 1/6 a 1/3 caso aconteçaa morte do animal, conforme está previsto no artigo 32 da Lei Federal de Crimes Ambientais, n° 9.605/98.

Melaine Nabas
Foto - Reprodução
 
20.09.2018
Parque do Ingá terá pista de caminhada emborrachada
20.09.2018
Cruzeiro perde para Boca Juniors
20.09.2018
SRM apresenta tema e logo da Expoingá 2019
20.09.2018
Mais de 10,6 mil brasileiros vão votar em cédula de papel no exterior
20.09.2018
Mais uma professora é denunciada por tortura
20.09.2018
Lei que autoriza compra de vagas em creches é sancionada
19.09.2018
Seduc entrega comunicado e pais ficam preocupados
19.09.2018
Defesa Civil realiza simulação de abandono em escolas
19.09.2018
PM participa da Semana de Trânsito
19.09.2018
Mulher seminua é encontrada amarrada com arame farpado
19.09.2018
Pesquisa Ibope: Jair Bolsonaro lidera com 28%
19.09.2018
População reclama das calçadas dos parques de Maringá
18.09.2018
Combate às drogas
18.09.2018
Reunião busca soluções para o trânsito de Maringá
18.09.2018
Procon de Maringá resolve 95% das reclamações
18.09.2018
CNT/MDA: Bolsonaro lidera com 28,2%
18.09.2018
Mulher esfaqueia marido durante briga
17.09.2018
Ex-Spice Girl passa por exame pela guarda da filha
17.09.2018
Relembrando o Colégio Marista
17.09.2018
Campanha resgata autoestima de pessoas
17.09.2018
Receita e PF apreendem milhões dólares em aeroporto
17.09.2018
Motociclista morre em acidente na Cerro Azul
17.09.2018
DER-PR abre edital para construção de viaduto na Colombo
Nipo Brasileiro Contabilidade
Asia Sushi Beer
SINCONFEMAR
Della Pizza
B1
Centro Comercial Tiradentes
Paraná Banco
MAPA - Venda de Ônibus
Oliver Media
Garage Motors
OdontoAtual