Destaques do Dia Maringá

Empresas se candidatam para reformar Rodoviária de Maringá

Com a abertura dos envelopes, a Prefeitura de Maringá conheceu as 10 construtoras interessadas a disputar a licitação para reforma da rodoviária do município. Na habilitação dos envelopes sete empresas mandaram representantes, as outras três protocolaram os documentos e não participaram presencialmente.

Todavia, a reunião precisou ser suspensa por tempo indeterminado. Quatro construtoras não cumpriram as obrigações previstas na licitação. Agora, a comissão responsável vai fazer as análises possíveis para solucionar os problemas e retomar o processo. Caso o descumprimento continue, as empresas serão desclassificadas.

Na próxima fase será divulgado o valor ofertado por cada concorrente e a vencedora tem de concluir a reforma em, no máximo, 12 meses após assinatura do contrato. A licitação foi aberta em agosto, o investimento será por meio de um empréstimo de R$ 26 milhões vindos da Caixa Econômica Federal; e o modelo de disputa é pelo menor preço apresentado.

No montante de R$ 26 milhões, R$ 10,8 milhões será destinado aos trabalhos de reforma dos 128 mil metros quadrados da rodoviária, o restante será empregado na revitalização de três praças, construção de três Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e sete salões comunitários.

Por esse empréstimo o município vai arcar com juros de 2,64% ao ano e mais 2% de taxa de comissão paga uma única vez. São 12 meses de carência e pagamento em 120 parcelas.

Victor Cardoso
Foto – Reprodução

PUBLICIDADES E PARCEIROS